top of page

A grande tendência do mercado de trabalho para os próximos anos: Power Skills

O que de fato são consideradas Power Skills? É muito claro responder que para cada área existem habilidades necessárias. No entanto, será que além destas habilidades existe algum ponto que todas elas possuem em comum?

Quando paramos para analisar o mercado de trabalho atual, nos deparamos com inúmeros desligamentos que acontecem pelo famoso Soft Skill. No final das contas, são os comportamentos que vêm prevalecendo em um mercado tão agressivo em tecnologia. As tecnologias não param de avançar, de ganhar o seu novo update semanal, quinzenal, mensal ou até mesmo anual. Já parou para pensar que no mundo dos mobiles compramos o celular mais atual, no entanto, já temos a certeza que em poucos meses este moderno celular que agora está em minhas mãos (faz parte da minha rotina) não será o mais atualizado, o melhor ou, na língua popular, o TOP.


Isso faz parte do que chamamos de Mentalidade Growth: preciso pensar em um produto que tenha vida longa, que não acabe simplesmente porque o tempo passou - e nós temos a certeza que o tempo vai passar -, e é por este motivo que as empresas que possuem esta mentalidade criam estratégias olhando para três pilares principais:


1° Produtos – Defino estratégias que podem variar desde um Up-Sell, que envolve incentivar os clientes a adquirir uma versão mais sofisticada ou avançada do produto que originalmente pretendiam comprar. Ou também um Cross-Sell, que oferece algo que complementa a experiência do consumidor, vendas complementando algo que o consumidor já possui.


2° Processos – A mentalidade processual é muitas vezes a rotina que traz a ordem ao seu devido lugar. No entanto, um processo precisa ser muito bem definido com começo, meio e fim. Porém, é de extrema importância que o processo também tenha uma plataforma aberta para evoluções e melhorias. Não se deve estabelecer processos que não tenham uma forma de serem alterados sem que afetem a organização de uma maneira muito agressiva. O mercado vem adotando a cada dia mais a mentalidade Ágil que vem desmistificando o ERRAR, e tornando o ERRO uma forma de evolução do processo. Com isto, estabelece-se então uma ideia de que preciso errar o mais rápido possível.


Pessoas – É nesse exato momento que colocamos os outros dois pilares à prova. É importante ter uma equipe de pessoas que estejam alinhadas com a mentalidade de Growth, mentalidade de evolução. Este pilar é o fator chave do sucesso para esta mentalidade de evolução, para que ocorra da melhor forma possível. E para este sucesso acontecer, é necessário conhecer a equipe de uma maneira individualizada (este é o papel do líder), para criar squads equilibrados e complementares.

O ponto é: por que nós temos ciência disso em relação às melhores estratégias das empresas e não carregamos isso da mesma forma em nossas carreiras? Sim, com isso chegamos em uma das principais POWERS do mercado: ser um(a) profissional Growth que tenha a mentalidade que mesmo que este(a) profissional saiba que está no auge de sua carreira e de suas habilidades, em exatamente pouquíssimos meses ele(a) estará DESATUALIZADO(A), não será a versão mais atualizada no mercado. E é por estes e outros motivos que colocamos as prioridades de resultados em 1° lugar e não as prioridades de processos para se chegar a este resultado.


“Eu desejo ter aquele cargo” e isso é bem claro. No entanto, o processo de se chegar a este resultado não deveria estar mais claro ainda? Infelizmente, não é isto que temos disponível no mercado. Nós temos uma Revolução pensada para talentos consumirem a revolução e não participarem da “Construção” desta revolução corporativa. E é justamente este desafio que nos revela a 2ª POWER tão importante quanto a 1ª: AUTOCONHECIMENTO.


Eu participo dessa revolução de talentos do mercado? Ou estou apenas alimentando a roda, consumindo aquilo que os que participam estão criando?

Além da 1ª e da 2ª Power, existem algumas outras que vão pavimentar o caminho do seu SUCESSO no mercado de trabalho. Não seja apenas um consumidor nessa revolução enorme que tem acontecido. Vem conosco no GEDUC 2023 conhecer os caminhos para nos tornarmos PARTICIPANTES disso.

Einsten nos lembrou muito bem: “O único lugar que o SUCESSO vem antes do TRABALHO é só no dicionário”.



Luiz Leardine,Talent Acquisition Manager na FIAP, falará sobre trará o mesmo tema do artigo para uma discussão no XV Fórum de Gestão de Pessoas que acontecerá no GEduc 2023 dos dias 29 a 31 de março no Centro de Convenções Rebouças.




104 visualizações0 comentário

Σχόλια


bottom of page